14/08/2020 15h29

Empresas capixabas que participam do PEIEX-ES começam a exportar 

Com o andamento do Programa de Qualificação para Exportação (PEIEX-ES), empresas capixabas concluíram suas participações e já começaram a enviar seus produtos para o mercado internacional. Um desses casos é o da empresa Cordis Paramentos e Objetos Litúrgicos, fabricante de vestimentas religiosas, localizada no norte do Espírito Santo, em Colatina.  

O programa é uma iniciativa da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento (Sedes) e a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes), que tem como objetivo auxiliar as empresas na expansão de seus negócios para o mercado externo.

Com 27 anos no mercado, a empresa Cordis Paramentos e Objetos Litúrgicos já ocupa espaço no mercado nacional e tomou a decisão estratégica de começar a atender às demandas do mercado internacional. Com o auxílio das capacitações e oficinas do PEIEX-ES, a marca colatinense iniciou, neste mês de agosto, o processo de exportação, enviando seus produtos para a Colômbia. “Estamos muito animados com o processo de exportação dos nossos produtos. É um momento muito importante para nós”, disse o gerente administrativo, Marcos Cassoti.

A empresa utiliza como recurso para vendas uma plataforma on-line, que já está em funcionamento e na fase final de aprimoramentos. Com o site, a marca busca expandir os negócios para novos mercados, passando a atender a todos os países. “Nós decidimos apostar no ambiente digital para impulsionar as vendas. A plataforma virtual está quase pronta, com ela nós temos a facilidade de vender para outras regiões, além de vários benefícios, como oferecer esclarecimentos aos clientes com os detalhes dos produtos e a facilidade no pagamento on-line”, afirmou Cassoti. 

Ele conta que a empresa participou dos dois ciclos do PEIEX-ES. “Durante a nossa participação no programa, nós fomos muito bem atendidos pela equipe técnica. No primeiro ciclo do PEIEX-ES, nós aproveitamos para ganhar conhecimento nos assuntos relacionados ao processo de exportação e, agora, no segundo ciclo, adquirimos experiência e amadurecemos a ideia de exportar”, destacou. 

O empresário também garante que a marca voltará seus esforços comerciais e de marketing para os mercados do Equador e do Peru, onde foram identificadas vantagens tarifárias e comerciais. “Pretendemos focar a divulgação de forma on-line dos nossos produtos nos mercados equatoriano e peruano, mas o campo de exportação vai atingir todos os países, até porque nós estamos falando sobre vendas no varejo”, pontuou

O técnico Daniel Sardenberg Lins, um dos responsáveis pelos atendimentos aos empresários na região norte do Estado, explica que o objetivo da marca é ir muito além, pois ela também planeja focar na divulgação de novos destinos na América Latina até o final de 2024, conforme validação das operações. “O direcionamento é justificado pelo fato de este ser um dos continentes onde o catolicismo mais cresce e conta com relevantes mercados neste setor, como Colômbia, Argentina e Chile, ainda com demandas parcialmente desatendidas”, ressaltou.

O subsecretário de Estado de Atração de Investimentos e Negócios Internacionais da Sedes, Gabriel Feitosa, que coordena o programa, destaca a importância do PEIEX-ES para o aumento da visibilidade da produção capixaba, voltada ao mercado internacional. “Queremos estruturar e aumentar a cultura da exportação das marcas capixabas. Sabemos que a produção das empresas no Estado tem grande potencial de vendas internacionais e o programa possibilita novas oportunidades”, explicou.

Para o secretário de Estado de Desenvolvimento, Marcos Kneip, o programa tem sido bem recebido no Espírito Santo. “Notamos boa receptividade dos empresários capixabas em relação ao programa. O Estado tem vocação para o comércio exterior e é imprescindível que os empreendedores pensem no mercado internacional como uma boa alternativa para a ampliação dos negócios.”

Sobre o PEIEX-ES
 
O programa oferece às empresas, de forma gratuita, orientação técnica sobre as melhorias que a organização deve implementar para comercializar produtos e serviços no mercado internacional.
 
Sobre a Apex-Brasil
 
A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) atua para promover produtos e serviços brasileiros no exterior
e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira. Atualmente, a Agência apoia cerca de 15 mil empresas em 80 setores da economia.
 
Texto: Carolina Moreira
 
Serviço:
Núcleo Operacional do PEIEX-ES
(27) 3636-9717
peiex@peiex.es.gov.br
 
Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sedes/Ipem
Andreia Foeger / Roberto Riccio
(27) 3636-9707 - 99942-9537 / 3636-9708
andreia.foeger@sedes.es.gov.br / roberto.riccio@sedes.es.gov.br

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard