13/05/2020 11h56 - Atualizado em 13/05/2020 12h03

Empresas capixabas se capacitam para alcançar mercados internacionais

Mesmo em meio à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), empresas capixabas estão buscando alternativas de crescimento e expansão dos negócios. Com a ajuda do Programa de Qualificação para Exportação (PEIEX) no Espírito Santo, iniciativa da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento (Sedes) e a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes), empresários de diferentes regiões do Estado já estão de olho no mercado internacional.

Um desses casos é o da empresa Verônica Santolini, do segmento de moda praia, localizada no município de Jerônimo Monteiro, no sul do Estado, que já concluiu todas as etapas de capacitações, e agora se prepara para receber seu Plano de Negócios Internacional, elaborado pela equipe de extensionistas do PEIEX-ES, de forma totalmente gratuita.

Com quatro lojas, entre atacado e varejo, e capacidade de produção de até 10 mil peças por mês, a empresa comercializa seus produtos em todo o Estado, além da região norte do Rio de Janeiro, sul da Bahia e Minas Gerais. No entanto, a marca já se prepara para exportar sua produção.

O gerente administrativo e financeiro da empresa, Roger Borges dos Santos, explica que as capacitações do PEIEX-ES, foram fundamentais para que a empresa pudesse alcanças novos mercados consumidores.

“Participamos das capacitações e, no último módulo, as extensionistas nos apresentaram alguns dados que nos auxiliaram a encontrar o melhor mercado para nossos produtos. Como a produção de biquínis é algo sazonal, buscamos encontrar países que tenham o verão anteposto ao nosso, como é o caso de Portugal, França, Itália, Israel e Estados Unidos”, explica.

Ainda segundo Borges, a empresa deseja iniciar as atividades de exportação no primeiro semestre de 2021. “Não sabemos como vai ficar a situação mundial após a pandemia, mas estamos unindo esforços para iniciar nossas exportações no mês de março do ano que vem. Queremos fazer um teste inicial e estamos confiantes”, afirma.

Roger Borges também destaca a experiência em participar do PEIEX-ES. “O programa nos ensina literalmente a ‘colocar a mão na massa’. E o fato de os atendimentos serem individuais faz com que os extensionistas possam conhecer mais o nosso perfil, e trazer ideias exclusivas para o nosso tipo de negócio. Foi uma experiência muito diferente e importante para a nossa empresa. Trata-se de uma importante ajuda, diferenciada e gratuita, que vai nos ajudar a ampliar nossos negócios”, declara.

O subsecretário de Atração de Investimentos e Negócios Internacionais da Sedes, e coordenador do PEIEX-ES, Gabriel Feitosa, comemora os resultados alcançados pelo programa. “É muito gratificante ver empresas capixabas frente à pandemia da Covid-19 enxergando oportunidades de crescimento, e uma forma de avançar em vendas não só dentro do Brasil. Desta forma, a gente observa que o programa cumpre seu objetivo de capacitar as empresas capixabas para a exportação, e de diversificar a nossa pauta exportadora”, diz.

Na região sul do Estado, os atendimentos às empresas são realizados pelas técnicas extensionistas Mirella Fávero e Isabela Spadetti. Mirella Fávero destaca que, conhecida na região pela produção de biquínis de boa qualidade e design exclusivo, a empresa Veronica Santolini tem capacidade produtiva e está muito empenhada em iniciar o processo de vendas internacionais. “Os empresários estão se dedicando e estudando cada ferramenta apresentada nas qualificações com o intuito de exportarem de forma segura. Não temos dúvidas de que a marca Veronica Santolini alcançará seus objetivos”, garante.

Sobre o PEIEX-ES

O programa oferece às empresas, de forma gratuita, orientação técnica sobre as melhorias que a organização deve implementar para comercializar produtos e serviços no mercado internacional.

Sobre a Apex-Brasil

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) atua para promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira. A Agência apoia atualmente cerca de 15 mil empresas em 80 setores da economia.

Serviço:
Núcleo Operacional do PEIEX-ES
(27) 3636.9717
peiex@peiex.es.gov.br

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sedes/Ipem
Andreia Foeger / Roberto Riccio
(27) 3636-9707 - 99942-9537 / 3636-9708
andreia.foeger@sedes.es.gov.br / roberto.riccio@sedes.es.gov.br

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard