06/06/2019 09h32

Projeto de refinaria é apresentado a moradores de Aracruz

Um protocolo de intenção para a realização de estudos e a proposta para instalação de refinaria de petróleo foram apresentados, nesta quarta-feira (05), aos moradores de Aracruz. O evento, realizado na Câmara de Vereadores do município, contou com a presença de representantes da Secretaria de Estado de Desenvolvimento (Sedes); da empresa investidora Noxis Energy; e da Prefeitura de Aracruz.

Na ocasião, o secretário de Desenvolvimento, Heber Resende, destacou o potencial do empreendimento, que contribuirá para a geração de empregos e crescimento econômico regional. “Esse tipo de empreendimento ajuda a diversificar cada vez mais a nossa cadeia produtiva. Os investimentos aqui anunciados, da ordem de R$ 2 bilhões, certamente vão beneficiar não só a Região norte do Estado, como áreas vizinhas, que formam uma grande cadeia de fornecedores com mão de obra especializada e prestadores de serviços”, disse.

Para o CEO da Noxis Energy, Luiz Armando Vasconcellos, a localização estratégica do município de Aracruz contribuiu para a escolha da cidade: "O município conta com excelente infraestrutura portuária, o que é muito bom para a refinaria, que depende deste acesso. Agora, vamos passar por uma fase de estudos e iniciar o processo de licenciamento ambiental para que tenhamos condições de operar", explicou.

Já o prefeito de Aracruz, Jones Cavaglieri, projetou a importância do empreendimento para o crescimento local. "O município tem muitas expectativas em relação à está empresa é estamos muito felizes que tenham aceitado o convite para explicar à população um pouco mais sobre esta proposta. Tenho certeza que será uma, bela parceria, que renderá muitos empregos ao povo de Aracruz”, afirmou.

A opção pelo município de Aracruz, parte de um cronograma da empresa que visa para a instalação de quatro refinarias no Brasil, sendo a de Sergipe a que se encontra em estágio mais avançado.

É o segundo empreendimento que será instalado no Espírito Santo, em um modelo muito semelhante ao adotado no estado nordestino. O investimento estimado, que deverá ser confirmado durante os estudos que serão agora iniciados, é da ordem de R$ 2 bilhões.

De acordo com a empresa, deverão ser gerados cerca de mil empregos durante a construção da refinaria. Com o início da operação, a expectativa é de que sejam gerados 240 empregos diretos e cerca de 500 indiretos.

Pela proposta, a refinaria deverá processar 25.000 barris por dia e produzirá 50% de bunker, combustível para navios, 30% de diesel e 15% de gasolina.

Informações à imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sedes/Aderes/Ipem
Andreia Foeger
(27) 3636.9707 - 99942-9537
andreia.foeger@sedes.es.gov.br
Cintia Dias
(27) 3636.9708 - 99234-1291
cintia.dias@sedes.es.gov.br

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard