12/09/2019 18h25 - Atualizado em 12/09/2019 18h26

Sedes comemora pioneirismo com lançamento do sistema Compete-ES totalmente digital

Com foco na desburocratização dos processos e aumento da eficiência dos serviços, a gerência de competitividade da Secretaria de Estado de Desenvolvimento (Sedes) comemora o pioneirismo do Programa de Desenvolvimento e Proteção à Economia do Estado do Espírito Santo – (Compete-ES) que, a partir desta semana, já funciona em plataforma totalmente digital.

A medida se tornou possível por meio da instituição do Escritório Local de Projetos e Inovação (ELPI) da Sedes, que auxilia a implantação e uso da ferramenta e-Docs em toda a Secretaria. O setor que coordena o Compete-ES é o primeiro órgão do Poder Executivo a utilizar o sistema para facilitar a comunicação e andamento processual com o público externo, sobretudo, com o setor empresarial.

Para o secretário de Estado de Desenvolvimento, Marcos Kneip, a ferramenta marca uma nova fase do Compete-ES, que se alinha às estratégias do Governo do Estado na busca pela inovação. “O que conseguimos implantar aqui na Sedes, com o Compete-ES, mostra que estamos no caminho certo. Um dos objetivos do Compete-ES, previsto em legislação, é justamente contribuir para a modernização do setor produtivo do Estado, e o que estamos propondo tem total relação com isso. Agradeço à toda equipe que já trabalhava neste projeto, antes da minha nomeação aqui na Sedes. O momento é de comemoração e de busca pelo oferecimento dos melhores serviços aos investidores”, disse.

Com a atuação do Compete-ES em ambiente 100% digital, uma média de 1,5 mil empresas poderão fazer a atualização de cadastro anual obrigatória diretamente pela internet, sem a necessidade da entrega de documentos à Sedes. Além disso, novas empresas que queiram realizar investimentos no Espírito Santo, por meio do Compete-ES, receberão um link com um passo a passo a ser cumprido, para que tenham acesso ao incentivo fiscal.

Para empresários que desejarem aderir ao Compete-ES, ou realizar atualização de cadastro basta acessar o site institucional da Secretaria de Desenvolvimento do Estado do Espírito Santo (www.sedes.es.gov.br). No canto esquerdo, clicar na aba Programas de Incentivos, e na sequência acessar o link Contratos de Competitividade. Veja aqui! 

De acordo com o gerente de competitividade, Humberto Queiroz, a medida aumenta a transparência e efetividade dos serviços oferecidos. “A novidade que o Compete-ES melhora de forma significativa o fluxo processual, desburocratizando e trazendo mais transparência na análise dos contratos de competitividade. Isso vai trazer mais comodidade aos empresários e contadores que não mais precisarão se deslocar até à Sedes, o que antes despendia tempo e custos”, afirmou.

Queiroz explicou ainda que “o e-Docs é uma importante ferramenta implantada pelo Governo do Estado. A Sedes, por meio do ELPI, cumpriu uma importante meta, saindo na frente com a implantação do Compete em plataforma digital”, ressaltou.

Já assessora especial da Sedes, Raquel Ferrari Passamani, que lida diariamente com os processos envolvendo o Compete-ES também comentou que a organização do setor favoreceu a implementação do novo sistema. “Por se tratar de um setor altamente organizado, a equipe do Compete-ES tem um fluxo de processos muito eficiente, apesar do grande volume. Isso foi o que possibilitou a total digitalização dos nossos processos, reduzindo tempo e custos, tanto para o Governo quanto para as empresas, além do aumento da nossa eficiência e eficácia”, destacou.

Segundo o membro do ELPI da Sedes, Guilherme dos Anjos, que também auxilia a equipe do Compete-ES, os avanços que a nova ferramenta proporciona para a análise de documentos, em conjunto com a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz).

“Os contratos de competitividade que envolvem os setores atacadista, vendas não presenciais e bares e restaurantes precisam ser analisados pela Sedes e pela Sefaz, e antes precisávamos levar esses processos até eles. Agora, essa análise conjunta é feita diretamente pela internet, o que proporciona mais agilidade no trabalho e diminuição dos custos com papel”, comemorou.


Para Fernanda Furtado, coordenadora do ELPI da Sedes, a concretização dos serviços on-line também é uma forma da Sedes estar ainda mais próxima dos setores produtivos do Estado.

“Nosso maior foco era completar esta etapa de comunicação com o ambiente externo. Todas as vezes em que as empresas precisavam enviar documentos, esse processo era trabalhoso, já que precisavam vir aqui. Então, a agilidade dos serviços era uma demanda também por parte das empresas que atendemos. Estamos muito satisfeitos com os resultados, que também representarão grande economia de recursos para o Estado”, pontuou.

Sobre o Compete-ES

• O Programa de Desenvolvimento e Proteção à Economia do Estado do Espírito Santo – Compete/ES (Lei 10.568/2016) tem por objetivo contribuir para a expansão, modernização e diversificação dos setores produtivos do Estado, estimulando a realização de investimentos, a inovação das estruturas produtivas e o aumento da competitividade estadual, com ênfase na manutenção e/ou geração de emprego e renda e na redução das desigualdades sociais e regionais.


• Para participar do programa, os setores produtivos assinam o Contrato de Competitividade – Compete/ES, no qual assumem o compromisso de aumentar a competitividade das empresas estabelecidas no Espírito Santo, em relação às similares de outras regiões do País.


• Em contrapartida aos incentivos tributários concedidos, o setor produtivo pactuante se compromete a investir em ações que resultem em seu próprio desenvolvimento socioeconômico sustentável.

Informações à imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sedes/Aderes/Ipem
Andreia Foeger
(27) 3636.9707 - 99942-9537
andreia.foeger@sedes.es.gov.br
Cintia Dias
(27) 3636.9708 - 99234-1291
cintia.dias@sedes.es.gov.br

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard