18/03/2020 19h34

Sedes mantém relacionamento com investidores de outros estados por meio de videoconferência

Com o objetivo de reduzir a circulação de pessoas, evitar aglomerações e minimizar a possibilidade de transmissão do Covid-19 (Coronavírus), a Secretaria de Desenvolvimento (Sedes) deu início, nesta quarta-feira (18), à realização de videoconferências com investidores.

O secretário de Estado de Desenvolvimento, Marcos Kneip; a subsecretária de Estado de Competitividade e Projetos Estruturantes, Rachel Freixo; e o subsecretário de Estado de Atração de Investimentos e Negócios Internacionais, Gabriel Feitosa, se reuniram com potenciais investidores por meio de vídeo conferência.

Kneip destacou a importância da medida neste momento em que o País enfrenta a pandemia. “A Sedes é uma Secretaria voltada à articulação com os setores produtivos e à atração de investimentos. Por isso, sempre privilegiamos as reuniões presenciais. No entanto, como medida de enfretamento ao Covid-19, optou-se pela realização das videoconferências, além da adoção de medidas internas que envolvem os servidores, conforme recomenda as diretrizes do Governo do Estado”, pontuou.

Ainda segundo o secretário, a medida também contribui para reduzir os impactos da pandemia na economia capixaba. “Os trabalhos da Secretaria não podem parar. Adotamos todas as recomendações necessárias, e estamos trabalhando arduamente para que a economia capixaba não sofra grandes impactos em virtude do novo Coronavírus. Mesmo que a distância, a Sedes busca manter o interesse dos investidores no Estado, mostrando todas as suas potencialidades” afirmou.

A subsecretária de Competitividade e Projetos Estruturantes, Rachel Freixo, enfatizou que mesmo diante das recomendações do Governo que visam à proteção à vida, a Sedes seguirá, sem prejuízos, mas com adaptações, os procedimentos relativos ao Programa de Desenvolvimento e Proteção à Economia do Estado do Espírito Santo (Compete-ES), e pelo Programa de Incentivo ao Investimento do Estado do Espírito Santo (Invest-ES).

“Os procedimentos relacionados ao Compete-ES e o Invest-ES são 100% digitais, o que nos dá a possibilidade da continuidade das atividades sem maiores prejuízos para os setores econômicos”, explicou.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sedes/Ipem
Andreia Foeger / Roberto Riccio
(27) 3636-9707 - 99942-9537 / 3636-9708
andreia.foeger@sedes.es.gov.br / roberto.riccio@sedes.es.gov.br

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard